Texon Ibérica – Um distribuidor de Texon

MATERIAIS PARA PALMILHAS

PALMILHAS TECIDO NÃO TECIDO (NÃO TECIDO)

Tecido não tecido de fibra de poliéster, agulhado e impregnado com látex sintético. 

Radoma

Tecido não-tecido para o fabrico de moldes para sistemas de montagem colados e cosidos. Estão disponíveis diferentes materiais, dependendo da qualidade do tecido e da sua impregnação.

Texon 97

Um material de palmilha não-tecido de alta qualidade, não absorvente, concebido para utilização em calçado colado ou sandália (Billy). Pode ser utilizado com ou sem palmilha interior e pode ser utilizado em calçado welted Goodyear com ou sem reforço interior, proporcionando uma excelente colagem. Adequado para calçado resistente à humidade. Disponível nas versões repelente de água e anti-estático.

Plantex

É um material semelhante ao Texon 97, mas um pouco mais absorvente. Produto com boa relação qualidade/preço.

Quintex

Material básico na gama. É um material competitivo para o fabrico de palmilhas económicos.

Texon 90

Tecido não-tecido de muito alta qualidade. É ideal para calçado de alto desempenho onde se deseja resistência à torção, boa resistência à abrasão e um alto índice de flexão. 40% da sua composição é de fibras recicladas.

Texon 70

Tecido não tecido de alta qualidade, construção em sanduíche com uma folha de vinil no centro; o que o torna excelente quando se procura um sapato que esteja em contacto com água. (caça, exército, golfe…etc.) Anti-estático.

Texon 50

Tecido não tecido de alta qualidade, construção em sanduíche com uma folha de vinil no centro; o que o torna excelente quando se procura um sapato que esteja em contacto com água. (caça, exército, golfe…etc.) Anti-estático.

Texon 93

É um material de palmilha não tecida muito denso, concebido para utilização em condições muito exigentes, como uma bota militar. 33% da sua composição é de fibras recicladas.

Texon Knox

É um material de tecido anti-perfuração de duas camadas resistente a pregos e a qualquer tipo de objectos cortantes. É certificado de acordo com CSA Z195, ASTM F2413-11 e EN12568: 2010 (penetração de pregos zero). É fornecido em três categorias: isolante, antiestático e condutor que cumpre os requisitos da ESD ISO 20344: 2004 Cláusula 6.2.2.2 para componentes de calçado de segurança.

Strobel

Tecido não tecido feito de fibra de poliéster perfurada por agulha com ráfia de polipropileno e impregnado com látex sintético. Este material é muito resistente ao alongamento, o que o torna ideal para a montagem de Strobel. Existem diferentes materiais, dependendo da sua qualidade e desempenho:

Texon 37

é um material de cintas não tecidas concebido para utilização na fabricação de Strobel. É dimensionalmente estável e proporciona uma excelente resistência aos pontos e ao estiramento. 100% das suas fibras são recicladas e representam 56% do peso total do material.

Texon 31

Tecido não-tecido de muito alta qualidade. É uma versão premium do Texon 37.

Texon Sprint

Utiliza um método de fabrico em cadeia (maliciosos) que tira as fibras de dentro do tecido para criar um ponto que faz parte integrante da estrutura do produto. Desenvolvido especialmente para a montagem do sistema Strobel, os principais fabricantes de calçado desportivo aprovaram a sua utilização em calçado de alto rendimento. Vale a pena mencionar que 80% da sua composição é de fibras recicladas.

PALMILHAS DE CELULOSE

É um material de fibras vegetais naturais (celulose) que é fabricado numa máquina de papel de processo húmido com diferentes ligantes que lhe conferem as qualidades técnicas para o fabrico de palmilhas. Toda a nossa celulose é certificada FSC (madeira proveniente de florestas reflorestadas).

SATRA divide as qualidades em 4 grupos de acordo com os seguintes desempenhos materiais: Índice de Flexão, Resistência à Deslaminação, Comportamento de Colagem, Resistência à Abrasão, Comportamento de Costura, Resistência aos Fungos principalmente. Os produtos que temos desde a qualidade básica à máxima são os seguintes:

Texon Stride

Material de base feito de fibras de celulose com um componente de fibra reciclada de 30%. Boa relação qualidade-preço. Pertence ao grupo Satra IV. Também disponível numa versão mais rígida chamada Stride +. Recomendado para calçado casual e para vestir. 30% da sua composição é de fibras recicladas.

Texon Ecosole 100

A celulose do Grupo IV cuja principal virtude é ser o produto mais ecológico e sustentável da gama: 85% da sua composição são fibras recicladas.

Texon 501

Celulose do grupo IV com um nível ligeiramente superior de desempenho técnico (melhor índice de flexão e maior resistência à delaminação).

Texon 2000

Celulose do grupo III recomendada pela Inescop para o fabrico de solas de qualidade para sapatos de salto alto femininos. É já uma qualidade média-alta. A boa resistência à abrasão do material permite a sua utilização directamente contra o pé. Para além do calçado de vestir, também pode ser utilizado em calçado de criança e calçado desportivo de nível normal.

Texon 480

Celulose do Grupo II. O seu nível de desempenho e qualidade permite a sua utilização no fabrico de gáspeas para calçado desportivo de alto nível e botas de trabalho ou de segurança.

Texon 411

Celulose do Grupo I, elaborada com um pó de cobre no interior, especialmente para botas de trabalho antiestáticas. As suas características técnicas permitem a sua utilização na construção Goodyear Welt, Injectada e Vulcanizada.

Texon 437

Celulose especial do Grupo I para o fabrico de calçado de qualidade superior no tipo de construção Goodyear Welt. Satisfaz as melhores características técnicas de flexibilidade e um grande comportamento na colagem da parede e subsequente emenda.

CARTÃO PARA PALMILHAS

Papelão especialmente fabricado para o fabrico de palmilhas. É o complemento que reforça a palmilha de celulose no calcanhar, dando-lhe mais corpo e a possibilidade de quebras e alturas. Existem dois tipos de papelão:

Cartolina fina

Este material calibra entre 0,80 mm – 1,20 mm e vai para cima da faixa de sanduíche. Há três qualidades:

Papelão pintado de vermelho

Cartão Básico

Papelão Semi-Vulcanizado

Mistura de fibra normal e vulcanizada

Papelão Vulcanizado

Fibra 100% vulcanizada que oferece uma maior rigidez à palmilha.

Cartolina espessa

Este material calibra entre 1,25 mm – 3,00 mm e vai na parte inferior da palmilha (faixa de sanduíche). Para além de proporcionar maior rigidez ou corpo, permite a fixação da haste à estrutura da palmilha. Há duas qualidades:

Qualidade Padrão

Material de densidade média com calandragem moderada.

Qualidade extra

Material de alta densidade com calandragem superior, que proporciona maior dureza.